Em construção... 

 

 

 

4 sinais de que os freios de seu carro precisam ser verificados

freios-post1.jpg

Todos sabemos que o freio é uma das partes mais importantes do carro, por isso é preciso ficar atento em sinais óbvios que acusam que o freio está com problemas e precisa ser revisado:


1 – Barulhos estridentes – Você escuta barulhos estridentes cada vez que pisa no freio, chegando a chamar a atenção dos motoristas do lado? Talvez sejam as pastilhas que estejam desgastadas e precisando ser substituídas. Se o barulho for de metal contra metal, leve imediatamente seu veículo para a oficina, pois as pastilhas já estão no final e os freios não estarão com a mesma eficácia de antes.


2 – Puxando o volante para um lado ao frear – Se você acha que seu veículo está com vida própria, não se assuste. Pode ser que o sistema de freio não esteja liberando a mesma pressão para o sistema por igual, fazendo com que um lado freie mais forte que o outro. O problema pode ser nas mangueiras do fluído de freio ou ainda pastilhas de freio irregulares. Não corra o risco, seu carro precisa visitar o mecânico urgentemente.


3 – Vibrações no pedal – Ainda não inventaram massageador de pés em veículos, então o problema provavelmente são os discos de freio que estão empenados. Isso faz com que as pastilhas não tenham uma aderência continua, oscilando junto com as irregularidades do disco e transmitindo as vibrações para o pedal. Talvez seja necessário substituir os discos ou fazer uma retífica leve. Já nos carros com ABS, é comum o pedal trepidar em freadas mais bruscas, não significando um problema.


4 – Pedal do freio mole ou muito duro – Além da vibração, o pedal do freio pode estar muito mole, chegando quase até o final do curso para então funcionar o freio. Isso ocorre por conta de pastilhas gastas ou também problemas no sistema hidráulico, como ar nas mangueiras ou ainda fluído de freio com nível baixo (que pode indicar vazamento). Se o pedal estiver muito duro, freando forte ao menor toque, pode ser umidade no fluído de freio ou disco de freio irregular. E por último, se para frear você tem que fazer muita força, o problema pode ser o sistema de vácuo ou a má qualidade do material da pastilha.


Fonte: Blog http://www.rschroeder.com.br/